'Evita Perón' volta 16 anos após estreia mundial
Peça distinguida a nível internacional percorre cinco palcos da região

A peça de teatro 'Evita Perón - O Espectáculo' regressa em Outubro aos palcos madeirenses, 16 anos após a sua estreia mundial.
Após um mês em cartaz na Região, em Janeiro de 1995, o espectáculo percorreu quatro países, somou mais de 400 apresentações ao público e foi distinguido com os Prémios Compostela de Teatro nas categorias de Melhor Actor Protagonista (Roberto Cordovani) e Melhor Cenário. Esta última distinção coube aos madeirenses Eduardo Freitas e Manuel Rodrigues.

'Evita Perón - O Espectáculo' foi ainda considerado pela crítica o melhor espectáculo do ano de 1995 apresentado na cidade espanhola de Santiago de Compostela e averbou 10 nomeações para prémios da Associação de Críticos de Buenos Aires.
A partir de 28 de Outubro próximo, e até à primeira quinzena de Novembro, a peça 'nascida' na Madeira e distinguida a nível internacional vai pisar cinco palcos na Região: a saber o Fórum Machico, o Centro Cultural John dos Passos, Centro Cívico do Estreito de Câmara de Lobos, Casa das Mudas e o Centro de Congressos da Madeira, este último ainda com data a definir.
Ao DIÁRIO, o encenador e actor, Roberto Cordovani, diz que a peça mantém a mesma estrutura, mas ganhou novos diálogos fruto da apresentação da mesma em Buenos Aires, na Argentina.

"Depois das nossas apresentações na capital argentina foram inseridos alguns diálogos no texto, porque até então tínhamos uma história do Peronismo extraída de livros, mas convivendo com alguns peronistas e anti-peronistas tivemos acesso ao lado bom e ao lado mau", afirmou o actor que volta a interpretar o papel de Evita.
Para Roberto Cordovani, os novos diálogos apresentam a personagem principal na sua dimensão mais política, empenhada na defesa dos valores e na manutenção de Juan Domingos Perón na presidência da República da Argentina.
"Eu creio que é um espectáculo que faz com que as pessoas reflictam, ninguém sai indiferente desta Evita Perón e de todas as outras personagens", considerou Cordovani. "Eu creio que a Evita sem as outras personagens não teria o mesmo poder, porque são exactamente o contraponto que reforça a teimosia dessa senhora que se tornou 'Santa Evita - a mãe dos descamisados', concluiu.

'Casting' para escolher Péron
O elenco reúne quatro actores e actrizes, sendo que a companhia realiza sexta-feira, às 15 horas, nas instalações da DRAC um 'casting' para o papel de Péron.
A companhia procura um actor com experiência em teatro, boa voz e com 1,80 m de altura. Dos requisitos consta ainda disponibilidade para ensaiar na Galiza e para integrar as digressões em Espanha, Brasil e Argentina, após a apresentação da peça na Madeira.

Evita Perón
Eva Perón foi a responsável pela conquista do apoio popular, sobretudo das classes pobres, para a causa peronista. Antes da primeira eleição do marido, Juan Domingo Perón, para a presidência da Argentina, organizou comícios populares, promoveu benfeitorias e ostracizou as classes mais favorecidas.


quarta-feira, 31 de Agosto de 2011
Bookmark and Share Diário de Notícias

Anterior No items in this loop