O Concelho de Câmara de Lobos registou nos últimos anos um nível de desenvolvimento assinalável, o qual introduziu alterações profundas na estruturação do quotidiano das populações. A melhoria da situação económico-social dos agregados familiares modificou os hábitos de consumo e originou um aumento exponencial da produção de resíduos.

Perante esta nova realidade, a Câmara Municipal introduziu várias medidas e acções orientadas para uma gestão eficaz dos resíduos produzidos no Concelho, as quais passaram por uma forte aposta na Educação Ambiental, em articulação estreita com as Escolas do Concelho; pela optimização dos circuitos de recolha; pelo aumento do número de Ecopontos; pela extensão da recolha selectiva a outras fileiras de resíduos, nomeadamente, de sucatas e produtos de grande formato; entre outros aspectos.
Com um indicador de cerca de 15% de taxa de separação de resíduos no Concelho, podemos concluir que sendo criadas as condições necessárias para uma participação efectiva das pessoas; que sensibilizando as pessoas para os problemas relacionados com a gestão dos resíduos, é possível ganhar a sua adesão e garantir a sua participação. Em Câmara de Lobos longe vão os tempos em que o Lixo era visto como um problema dos outros. As evoluções dos últimos anos reflectem uma mudança clara da população deste concelho face às questões ambientais e, associado a outros indicadores, diz muito do seu efectivo nível consciência ambiental.
Actualmente  a gestão de Resíduos sólidos urbanos está entregue à empresa pública ARM.




Consulte aqui o regulamento da ARM